(32) 991734242 contato@ovigilanteonline.com

Paralisação dos caminhoneiros recua e Leopoldina não tem ponto com bloqueio

Paralisação dos caminhoneiros recua e Leopoldina não tem ponto com bloqueio
O Vigilante Online

Segundo o Ministério da Infraestrutura, foram registrados pontos de concentração em rodovias federais em 15 estados. Bolsonaro enviou mensagem de áudio para os caminhoneiros pedindo a liberação das estradas

A paralisação de parte dos caminhoneiros que começou na quarta-feira, dia 8, permaneceu até o início da manhã em trechos de rodovias de pelo menos 15 estados. Nesta quarta, o presidente Jair Bolsonaro enviou apelo para que a categoria liberasse as estradas bloqueadas.

Em Leopoldina, por volta das 21h00 o trecho nas proximidades do Posto da Polícia Rodoviária Federal chegou a ser bloqueado, porém no início da manhã não havia mais nenhuma mobilização.

Continua Depois da Publicidade

           


Bolsonaro gravou um áudio e o ministro de Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, um vídeo para tentar desmobilizar os manifestantes. Na mensagem, o presidente chama os caminhoneiros de “aliados” e diz que a greve “atrapalha nossa economia”.

“Fala para os caminhoneiros aí que são nossos aliados, mas esses bloqueios atrapalham nossa economia. Isso provoca desabastecimento, inflação, prejudica todo mundo, em especial os mais pobres. Dá um toque nos caras aí para liberar. Deixa com a gente em Brasília aqui agora. Não é facil negociar com outras autoridades, mas vamos fazer nossa parte, vamos buscar uma solução para isso”, disse Bolsonaro em áudio.

Continua Depois da Publicidade

De acordo com a PRF de Leopoldina, naquele município e em Além Paraíba não existem pontos de manifestação. Em Muriaé, na altura do Km 701, na saída para Miradouro, uma manifestação ainda era registrada em um Posto, sem qualquer impedimento da rodovia.

Fonte: Jornal O Vigilante Online

O Vigilante Online