(32) 991734242 contato@ovigilanteonline.com

Estelionatário é preso em flagrante pela PM ao aplicar golpe da falsa clonagem de cartão em Leopoldina

Estelionatário é preso em flagrante pela PM ao aplicar golpe da falsa clonagem de cartão em Leopoldina
PM/Divulgação

A Polícia Militar prendeu em flagrante por estelionato um homem de 27 anos na tarde desta quarta-feira, 17 de março, em Leopoldina. 

Segundo a polícia, ele aplicava golpes em pessoas utilizando como estratégia para enganar as vítimas uma falsa clonagem de cartões bancários.

Continua Depois da Publicidade

           


A prisão do suspeito aconteceu depois que uma senhora, de 69 anos, foi vítima do indivíduo. Na ocasião, ele se deslocou até a residência dela informando que precisaria recolher o cartão bancário utilizando um crachá falso de identificação. Antes disso ela havia recebido uma ligação solicitando dados do cartão para confirmar que o mesmo havia sido clonado. 

A vítima entregou o cartão para o suspeito e logo em seguida seu esposo constatou junto ao banco, débitos nos valores de R$ 1.600,00, R$ 2.200,00 e R$ 1.200,00. 

Continua Depois da Publicidade

A Polícia Militar foi acionada e juntamente com policiais da 3ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Leopoldina iniciaram rastreamentos em busca de localizar o autor. O homem foi localizado hospedado em um hotel no Centro da cidade, ocasião em que foi preso em flagrante e vários cartões, máquinas de débito, recibos e comprovantes de transações bancárias foram apreendidos.

O homem foi encaminhado para a Delegacia para as demais providências e o caso segue em investigação.

Como funciona o golpe: 
De posse dos dados pessoais das vítimas, um criminoso entra em contato por telefone e se identifica, como funcionário da central de segurança dos cartões. O golpista, então, informa que foi identificada uma compra não usual com o cartão do cliente ou que seu cartão foi clonado, solicitando dados pessoais e senhas. Depois, as convencem a cortá-lo e entregá-lo com o chip intacto a um indivíduo que vai até a casa da vítima recolher os cartões. De posse dos cartões, os autores instalam os chips em outros cartões e efetuam compras, saques, empréstimos e serviços. Em geral, as vítimas não desconfiam, pois os golpistas são treinados a falar como atendentes de telemarketing e são muito convincentes.

A Polícia Militar dá dicas para que você não seja vítima deste tipo de golpe:

• Jamais repasse senhas e dados pessoais em mensagens eletrônicas e telefonemas. Bancos e operadoras de cartão não solicitam essas informações por estes meios.
• Desconfie de desconhecidos ligando ou enviando mensagens que solicitem dados pessoais. Neste caso, desligue imediatamente e ligue no banco ou prestadora de serviços do cartão e se informe, ou faça isso pessoalmente.
• Agências bancárias não enviam funcionários em sua residência tampouco solicitam seus cartões, SENHAS e cartas. ISTO É UM GOLPE!
• Não use senhas óbvias, como datas de nascimento.
• Troque as senhas periodicamente.
• Antes de digitar a senha, verifique se o valor da compra foi digitado na máquina de cartão.
• Confira frequentemente o extrato bancário.
• Não perca o cartão de vista ao fazer compras em lojas físicas.
• Procure buscar o cartão na agência em vez de pedir que seja entregue em casa.
• Verifique se o antivírus do computador está atualizado antes de comprar pela internet. Ele impede a invasão de hackers que podem roubar dados bancários.

Conforme a corporação, as vítimas de estelionato devem entrar em contato com o Banco para que o cartão seja bloqueado e registrar a ocorrência.

O Vigilante Online