Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242


Leopoldina abre canal de denúncias sobre descumprimento de medidas de combate ao coronavírus

O VIGILANTE ONLINE | Geral - 07/01/2021 - 19:51 | Atualizado: 08/01/2021 - 09:21


Felipe Almada/Arquivo Pessoal
Moradores de Leopoldina têm um novo canal para denunciar ações de descumprimento de medidas de combate ao novo coronavírus na cidade.

Ligações telefônicas e mensagens pelo WhatsApp podem ser feitas através do número (32) 98424-9751. De acordo com o Departamento Jurídico da Prefeitura de Leopoldina, o objetivo é colher as informações e repassar para a equipe de fiscalização de plantão. 


Continua depois da publicidade




Nesta quinta-feira, 7 de janeiro, uma equipe atuou orientando todo o comércio após decreto que regulamentou as atividades econômicas e comerciais no município que se encontra na Onda Vermelha do Programa Minas Consciente, do Governo do Estado. 

A Assessoria de Imprensa da Prefeitura informou ao Jornal O Vigilante Online que nesta sexta-feira quem estiver descumprindo as normas estabelecidas no decreto será orientado a solucionar a irregularidade. Ainda de acordo com a Assessoria, caso o problema não seja resolvido serão aplicadas as medidas cabíveis.
Leia também:

Leopoldina permanece na 'Onda Vermelha' e prefeitura regulamenta atividades comerciais 
Prefeitura de Leopoldina/Divulgação

A fim de regulamentar as atividades econômicas e comerciais em Leopoldina durante a vigência da Onda Vermelha na cidade, o prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz assinou nesta quarta-feira, dia 6 de janeiro, o Decreto 4.784.
 
Através deste documento, o comércio fica autorizado a funcionar em esquema de delivery ou, ainda, através da retirada da mercadoria na porta do estabelecimento, portanto, sem a entrada dos clientes nas lojas. Há também a possibilidade de recebimento de crediário.

Restaurantes, bares, lanchonetes, sorveterias, lojas de doces e congêneres, exceto os situados nas rodovias da área territorial do município, poderão atender apenas por meio do serviço de pronta entrega (retirada na porta do local) e delivery. Também não será permitida a entrada e permanência de clientes no interior dos estabelecimentos, nem consumo no local.

De acordo com o decreto, as feiras livres continuam proibidas e a feira do Produtor Rural poderá funcionar somente às quartas-feiras e aos sábados, observadas as medidas de higiene e segurança.
 

Continua depois da publicidade




Conforme a prefeitura, a regressão ou progressão de Onda em cada município de Minas Gerais – incluindo Leopoldina – se dará em observância à classificação/reclassificação das macrorregionais de saúde veiculadas nas deliberações do Comitê Extraordinário COVID-19 do Estado de Minas Gerais.

“Após estudos com nossa equipe, e atendendo as exigências do Comitê Estadual, conseguimos regulamentar o funcionamento das atividades durante a Onda Vermelha. Claro que irão funcionar adotando todas as medidas sanitárias necessárias para prevenir e impedir a contaminação do coronavírus”, pontua o prefeito Pedro Augusto.   

Fiscalização e orientação


A Prefeitura de Leopoldina vai disponibilizar equipes de fiscalização a fim de orientar comerciantes e população sobre as novas medidas de funcionamento do comércio. Neste primeiro momento, o trabalho terá cunho educativo.
 
“A princípio, a fiscalização está incumbida de orientar a todos envolvidos nas atividades econômicas sobre as novas condições de funcionamento. Pedimos que recebam os nossos fiscais. Juntos conseguiremos que esse difícil momento seja breve e que consigamos voltar à normalidade”, frisa o prefeito.

Fonte: Jornal O Vigilante Online



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2021 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS