Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242


Posse do prefeito, vice e vereadores eleitos marca 1º dia do ano em Leopoldina

O VIGILANTE ONLINE | Cidade - 01/01/2021 - 15:42 | Atualizado: 11/01/2021 - 21:40






O prefeito eleito de Leopoldina, Pedro Augusto Junqueira Ferraz e seu vice, o ex-vereador Antônio Carlos Martins Pimentel, juntamente com os 15 vereadores eleitos para a próxima legislatura na Câmara Municipal do município tomaram posse nesta sexta-feira, 1º de janeiro de 2021.

Por conta do momento mundial de pandemia da Covid-19, a solenidade não foi aberta ao público e a sessão, realizada na sede do Poder Legislativo local, foi transmitida ao vivo pelas redes sociais da Câmara. Também foram seguidos protocolos sanitários entre os participantes, como uso de máscaras e uso de álcool em gel.


Continua depois da publicidade




Tomaram posse para a 19ª Legislatura (2021-2024) da Câmara os vereadores José Augusto Cabral Gonçalves, Ivan Martins Nogueira, Rogério Campos Machado, Carlos Henrique Motta André, Eliléia Santos das Graças Corrêa, José do Carmo Fófano Vieira, Julius Cesar Pereira da Silva, Rodrigo Junqueira Reis Pimentel, Bernardo Junqueira e Renó Guedes, Edvaldo Franquido Donato do Vale, Valdilúcio Malaquias, Carlos Alexandre Badaró Cordeiro, Gilmar Pimentel de Oliveira, Marcos Vinícius Pereira Costa Lima e Maria Inês Xavier de Oliveira. 

Depois do Compromisso de Posse dos vereadores, foi realizada a eleição da Mesa Diretora, que conduzirá os trabalhos da Câmara Municipal de Leopoldina no biênio de 2021 e 2022. A chapa composta pelos vereadores José Augusto Cabral (Presidente), José do Carmo Fófano Vieira (Vice-Presidente), Gilmar Pimentel (1º Secretário) e Inezinha (2ª Secretária) foi eleita por unanimidade com os votos dos 15 parlamentares.
Mesa Diretora: Gilmar Pimentel (1º Secretário), José Augusto Cabral (Presidente), Inezinha (2ª Secretária) e José do Carmo Fófano Vieira (Vice-Presidente).

Em seguida, o novo presidente eleito daquela Casa Legislativa, vereador José Augusto Cabral, convidou para que tomassem assento à Mesa Principal o prefeito eleito Pedro Augusto Junqueira Ferraz e o vice-prefeito eleito Antônio Carlos Martins Pimentel (Totõe Pimentel) para o período de 2021 a 2024. Depois da conferência dos diplomas e declarações de bens do prefeito e do vice, o Presidente da Casa, José Augusto Cabral solicitou a ambos que prestassem o seguinte compromisso de posse junto à Câmara Municipal: "Prometo manter, defender e cumprir a Lei Orgânica do Município, as Constituições da República e do Estado, observar as leis, promover o bem estar geral do povo leopoldinense e exercer o meu cargo sob a inspiração do interesse público, da lealdade e da honra". 

Após Pedro Augusto e Totõe Pimentel terem sido declarados pelo presidente da Câmara devidamente empossados como prefeito e vice-prefeito de Leopoldina, José Augusto Cabral convidou o ex-prefeito municipal José Roberto de Oliveira para proceder ao ato de transmissão do cargo ao prefeito empossado, Pedro Augusto. Em seguida, o ex-prefeito deixou o recinto, onde então discursaram o vice-prefeito Totõe Pimentel e o prefeito de Leopoldina, Pedro Augusto Junqueira Ferraz. 
O prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz, o vice Totõe Pimentel e o ex-prefeito José Roberto de Oliveira.

Continua depois da publicidade




Por fim, o novo prefeito e seu vice empossaram o Chefe de Gabinete -  Carlos Odilon de Moraes, os secretários de Assistência Social - Luiza Helena Morais Barbosa; Esportes, Lazer, Turismo e Cultura - Victor Guilherme Pereira Fernandes; Agricultura - Edimilson Balduíno de Macedo; Serviços Urbanos e Meio Ambiente - Antônio Félix de Oliveira; Saúde - Márcio Vieira Machado; Educação - Lúcia Lopes Horta; Administração - Sarah Dutra Moraes Ferraz; Fazenda - Aílton Soares Dutra; Desenvolvimento Econômico - , Sérgio Duarte Benatti e a Procuradora Jurídica - Michelle Rocha Cortes Hazar.


Em recente entrevista ao jornal O Vigilante Online, o prefeito eleito relembrou que durante a campanha eleitoral elencou aspectos sociais que demonstram uma situação difícil para uma parcela significativa de famílias leopoldinenses. Pedro Augusto também mencionou a necessidade de fazer com que os leopoldinenses permaneçam em sua terra, através da geração de emprego, renda e desenvolvimento. “Eu não serei um prefeito que queira ser ‘pai’ de tudo, não, de jeito nenhum. Eu serei um prefeito que trabalharei junto com minha equipe e todos os leopoldinenses que gostam daqui, e pessoas também de fora que tenham simpatia e queiram investir na nossa terra, que venham aqui gerar emprego, gerar renda e gerar desenvolvimento. A minha pretensão é outra, é no sentido de gerar desenvolvimento, gerar oportunidades e gerar progresso no nosso município”, arrematou. 

Sobre as medidas a serem tomadas em relação à pandemia da Covid-19, o prefeito reconhece a gravidade da situação e considera necessário muito equilíbrio e bom senso para tratar dessa matéria. “Pretendo imediatamente criar um grande comitê com as presenças de vários segmentos da sociedade (Ordem dos Advogados do Brasil - OAB, a parte técnica da medicina, o comércio, a indústria, a Igreja, os profissionais ligados à agricultura, dentre outros segmentos), para que nós possamos encontrar soluções adequadas para enfrentar essa grande crise sanitária em que vive o mundo”, respondeu Pedro Augusto.

Fonte: Jornal O Vigilante Online



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2021 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS