Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242


Gaeco investiga desvios de recursos públicos para combate à Covid na região

O VIGILANTE ONLINE | Região - 23/10/2020 - 08:54 | Atualizado: 23/10/2020 - 20:51

Duas prisões foram feitas em Piraúba e Guiricema e dinheiro foi recuperado.


MPMG/Divulgação
O Ministério Público de Minas Gerais, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) - Regional da Zona da Mata, da Promotoria do Patrimônio Público, em conjunto com a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais e com a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, deflagrou na manhã desta quinta-feira, 22 de outubro, a Operação “Persona”.

Foram realizadas ações nos municípios de Juiz de Fora, Pirauba e Guiricema, cidades pertencentes à Zona da Mata Mineira. Ao todo, foram cumpridos 02 mandados de prisão temporária e 09 mandados de busca e apreensão. Durante as diligências foram apreendidos cerca de R$43.500,00 em moeda corrente na residência de um dos investigados, além de diversos aparelhos celulares, computadores e documentos de interesse das investigações.

O objetivo da ação é apurar desvios de verbas públicas, corrupção, peculato, fraude à licitação, associação criminosa, dentre outros delitos.
 
As investigações até então realizadas mostram que os investigados vêm supostamente aproveitando-se de um cenário caótico gerado em decorrência da pandemia do coronavírus (COVID-19) para adquirir máscaras em um contexto simulado, com sérios indícios de desvio de verba pública no importe superior a R$150.000,00.
 

Continua depois da publicidade




O nome “Persona” faz alusão ao teatro grego onde os artistas faziam uso de máscaras para construir o seu personagem.
 
As investigações prosseguem no âmbito do Ministério Público do Estado de Minas Gerais, a fim de apurar os possíveis crimes praticados pelos envolvidos, bem como o envolvimento de terceiros que atuam em conluio com os investigados.

A dispensa de licitação, autorizada pelo legislador nos casos de calamidade pública, deve observar rigorosamente a moralidade administrativa, não deixando qualquer margem para favorecimento de qualquer natureza, pontuou o Promotor de Justiça do GAECO Breno Costa da Silva Coelho.

A operação desta quinta-feira contou com o apoio da tropa especializada da Polícia Militar de Minas Gerais (4ª Cia Ind PE). Também participaram da operação promotores de justiça, policiais civis, policiais militares, um Perito criminal e servidores do MP.

Ressalta-se à população que denúncias sobre eventuais desvios de dinheiro público podem ser feitas através do número 181 (Disque Denúncia) ou através da Ouvidoria do Ministério Público de Minas Gerais (ligar 127 gratuitamente, ou 31-3330-8409 e 31-3330-9504, bem como de forma online através do sítio de internet www.mpmp.mp.br.

Fonte: Ministério Público de Minas Gerais - Superintendência de Comunicação Integrada



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2020 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS