Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242


Ocorrências envolvendo pipas e fiação elétrica aumentaram mais de 250%

O VIGILANTE ONLINE | Notícias - 10/09/2020 - 17:43 | Atualizado: 11/09/2020 - 16:04

Colaboradores da Energisa vão para campo alertar a população sobre os riscos e perigos de soltar pipa próximo da rede elétrica.


Divulgação
Com mais tempo livre em casa devido ao isolamento social, soltar pipa tem sido uma distração constante. Mas o número de ocorrências de pipa na rede não para de crescer, o que pode causar graves acidentes, além da interrupção de energia. Somente este ano, de janeiro a agosto, a Energisa registrou 99 ocorrências com pipas na rede: um aumento de 254% no número de ocorrências na área de concessão da Energisa Minas Gerais, em comparação a 2019 quando foram registrados 28 casos. As ocorrências de 2020 comprometeram o fornecimento de energia para 32 mil clientes.    


Preocupada com a segurança dos seus clientes, colaboradores da Energisa estão fazendo um trabalho diretamente em campo para orientar a população sobre os riscos e perigos de soltar pipa próximo da rede elétrica. Além das orientações, eles também anotam pontos contendo pipas entrelaçadas ou outros indícios de danos na rede nos locais visitados para futuras manutenções corretivas. 


Continua depois da publicidade




A Parada da Segurança, como é chamada a ação, já foi realizada em 15 cidades de Minas entre julho e agosto. Segundo o gerente de Operações da Energisa, Anderson Rabelo, soltar pipa é uma atividade saudável e o objetivo da ação não é proibir, mas sim orientar para evitar acidentes. “Percebemos que a brincadeira ganhou força com as crianças passando mais tempo em casa. Mas não podemos nos esquecer dos danos que a distração pode causar à rede elétrica, comprometendo o fornecimento de energia nos locais atingidos, além de expor os participantes da brincadeira ao risco de acidentes graves. Felizmente, nenhum acidente de choque elétrico foi registrado até o momento, mas o risco é iminente.”  

Orientação também nas escolas  

Com a pandemia do novo Coronavírus e a necessidade do isolamento social, a tecnologia está sendo uma grande aliada: neste mês de agosto, a orientação sobre a forma correta e os riscos de soltar pipa perto da rede elétrica chegou a várias escolas por meio de um vídeo que a Energisa está divulgando nas redes sociais e que passou a ser compartilhado também nas instituições de ensino. O personagem do vídeo é o conhecido Zé da Luz que facilita o aprendizado e a integração com as escolas na disseminação da informação. Clique aqui e assista ao vídeo.  

Para a diretora da Escola Municipal Professora Darcília Guimarães, em Cataguases, Luciene Leite, esta é uma ação importante para a comunidade escolar. “Queremos agradecer a Energisa que está sempre alertando as crianças e seus familiares de forma lúdica e prazerosa. Um problema tão sério tratado de maneira divertida e atrativa para o fácil entendimento de nossas crianças conscientizando sobre o ato de soltar pipas em locais adequados e assim preservar a vida. Na nossa escola nossos professores passam o conhecimento de forma lúdica e de acordo com o cotidiano das crianças, pois o ato de brincar faz com que as crianças aprendam a respeitar a vida e tenham a consciência de que a prevenção é a melhor solução”.  

Para orientar seus clientes, a Energisa preparou algumas dicas importantes:   

- Jamais solte pipa próximo à rede elétrica;   

- Não utilize materiais cortantes, como a linha chilena e o cerol;   


Continua depois da publicidade




- Nunca tente remover a pipa que tenha ficado enroscada na rede elétrica. Apenas os profissionais autorizados pela Energisa, munidos de todos os itens de segurança e treinamentos necessários, podem fazer a manutenção na rede elétrica;   

- Não solte pipa próximo a ruas e avenidas. A linha pode ser perigosa para os condutores, causando, principalmente, acidentes com motos e bicicletas;   

- Não empine pipa em dias de chuvas e relâmpagos;   

- Alerte outras pessoas sobre o risco de soltar pipas sem os devidos cuidados. A conscientização é fundamental para reduzir transtornos e acidentes;   

- Ao verificar pipas presas à rede elétrica, entre em contato com a Energisa por meio dos canais de atendimento. 

Fonte: Energisa Minas Gerais



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2020 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS