Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242


Incêndios em terrenos urbanos prejudicam qualidade do ar em Leopoldina

Por José Augusto Cabral | Giro Vigilante - 03/08/2020 - 14:08 | Atualizado: 04/08/2020 - 07:23

Ocorrências são frequentes nesta época do ano e a maioria causada pela combinação do clima seco com a irresponsabilidade humana.


Arquivo/O Vigilante Online - Corpo de Bombeiros registrou 5 ocorrências neste fim de semana.
Nos últimos dias uma grande quantidade de incêndios em mata em pontos diversos de Leopoldina, têm propagado fumaça e prejudicado a qualidade do ar para moradores da cidade. A combinação do clima seco com a irresponsabilidade humana coloca os órgãos públicos e de defesa do meio ambiente em situação de alerta nesta época do ano. 

Somente neste fim de semana o 7º Pelotão do Corpo de Bombeiros, sediado em Leopoldina, registrou cinco ocorrências no município. Foram dois incêndios em lotes vagos, um em área rural e dois em área urbana. Praticamente todos os incêndios ocorridos na cidade estão nas margens das rodovias ou perto das casas, onde há circulação de pessoas. A causa mais frequente nos registros são amontoados de lixo e amontoados de madeira, que são incendiados por atuação humana, ou seja, pessoas que utilizam a ação do fogo para a limpeza de terrenos ou pastagens.


Continua depois da publicidade




A inalação da fumaça desses incêndios ocasiona consequências para a saúde humana. Ardência na garganta, tosse seca, cansaço, falta de ar, dificuldade para respirar, dor de cabeça, rouquidão, lacrimejamento e vermelhidão nos olhos são alguns exemplos dos problemas causados, já que a mesma contém diversos elementos tóxicos que percorrem todo o sistema respiratório chegando até a corrente sanguínea. Outro composto prejudicial é o monóxido de carbono (CO).

De acordo com o Comandante do 7º Pelotão BM de Leopoldina, Tenente Guilherme Cantelle, além dos danos ambientais, a atuação em incêndios provoca um desgaste físico e material dos militares, que precisam se desdobrar para atender também todas as outras ocorrências de rotina.  

As queimadas afetam ainda o fornecimento de energia elétrica, como apontam informações divulgadas pela Energisa e publicadas pelo jornal O Vigilante Online. Nos últimos 12 meses, as ocorrências provocadas por queimadas interromperam o fornecimento de energia para mais de 50 mil clientes, explicou o gerente de Operações da Energisa Minas Gerais, Anderson Rabelo.

As denúncias sobre quem está provocando incêndio podem ser informadas diretamente para a Polícia Militar através do tridígito 190 ou pelo Disque Denúncia Unificado (DDU), 181.
Veja também:
>> Campanha de Prevenção Contra Incêndios
>> Incêndios em Vegetação
>> Queimadas e inversão térmica


Fonte: Jornal O Vigilante Online



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2020 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS