Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242


Copasa informa sobre interrompimento de abastecimento em Vista Alegre

O VIGILANTE ONLINE | Região - 27/01/2020 - 08:07 | Atualizado: 27/01/2020 - 11:41


Arquivo/O Vigilante Online
A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) emitiu nota informando que as fortes chuvas ocorridas nos últimos dias provocaram a cheia do Rio Pomba, deixando submerso o poço que abastece o distrito de Vista Alegre, pertencente ao município de Cataguases.

Em razão disso, o abastecimento da localidade encontra-se temporariamente interrompido e técnicos da empresa estão trabalhando para regularizar a situação o mais rápido possível.

A Copasa recomenda à população o uso consciente da água, evitando desperdícios.
 

Cataguases, Muriaé e Ubá decretam situação de emergência devido às chuvas

Os municípios de Cataguases, Muriaé e Ubá, decretaram situação de emergência entre sexta-feira e este sábado (25). As cidades estão entre as mais atingidas pela chuva intensa que afeta várias áreas do estado e da Região Sudeste do país nos últimos dias. Até a tarde deste sábado, 325 pessoas estavam desalojadas, 300 delas apenas em Muriaé, onde também há outras 44 desabrigadas.

Em Ubá, três imóveis foram interditados e um prédio estava com risco de desabamento. Até às 20h30 de sexta, foram contabilizados 124,1 milímetros em 24 horas. Entre os diversos pontos de alagamento, o Ribeirão Ubá transbordou na Avenida Beira-Rio, causando a inundação de toda a via e suas pontes.

A recomendação era que a população evitasse o local. Além disso, a Estação de Tratamento de Água de Miragaia, responsável pelo abastecimento de cerca de 40% da população, ficou fora de operação em razão de estragos causados pelas precipitações. A Prefeitura estipulou o religamento para 15h00 deste sábado, mas solicitou economia de água por parte dos moradores.

Continua depois da publicidade




Em Cataguases, a prefeitura informou na tarde deste sábado a assinatura do Decreto 5.182-A/2020, que declara situação de emergência nas áreas daquele município afetadas por chuvas intensas e inundações. Com o decreto, fica autorizada a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob a Coordenação da Defesa Civil Municipal, nas ações de respostas ao desastre e reabilitação do cenário construtivo. O objetivo é de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre, sob a coordenação da defesa Civil Municipal em conjunto com a Secretaria de Assistência Social, entre outras ações.

Outras cidades da região da Zona da Mata, como Dona Euzébia, Guiricema, Guidoval, Carangola, Manhuaçu e Miradouro também ficaram debaixo d’água entre sexta-feira e sábado. O Corpo de Bombeiros registrou uma morte na cidade de Tocantins. Um homem de 27 anos foi encontrado sem vida, por volta das 6h00 da manhã deste sábado, em local onde houve inundação, que atingiu cerca de um metro de altura. Havia indícios de afogamento, e a perícia foi acionada, mas ainda não havia confirmação da causa do óbito.

Trinta e oito pessoas morreram em razão das enchentes e dos deslizamentos provocados pelas chuvas fortes que ocorrem em Minas Gerais principalmente desde a quarta-feira (22). Ao todo, 17 pessoas estão desaparecidas e 12 feridas no estado. As informações são do mais recente boletim da Defesa Civil do estado.
Leia também:

Campanhas recolhem doações para pessoas afetadas pela chuva na região
Prefeitura de Cataguases

Fonte: Jornal O Vigilante Online, com informações da Assessoria de Imprensa da Copasa



Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2020 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS