Icone de mensagem contato@ovigilanteonline.com Icone de telefone (32) 991734242

Homem com extensa ficha criminal é preso pela PM em Leopoldina 

Da Redação | Polícia - 06/06/2019 - 09:31 | Atualizado: 13/06/2019 - 22:20

Indivíduo é suspeito de falsidade ideológica e furtos em Cataguases.


Foto: Polícia Militar de Leopoldina

A Polícia Militar prendeu nesta quarta-feira, 5 de junho, um indivíduo de 29 anos suspeito de falsidade ideológica, furtos e estelionato no município de Cataguases. Ele possui extensa ficha criminal e foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

De acordo com a PM, o homem foi denunciado após ser reconhecido em um comércio na Rua Barão de Cotegipe, Centro de Leopoldina, pela prática de furtos em Cataguases na última semana. Conforme a polícia, o vídeo do suspeito circulou no grupo da rede de comerciantes Protegidos daquele município e chegou ao conhecimento de alguns moradores de Leopoldina. Uma testemunha reconheceu o homem e fez a denúncia junto à Polícia Militar de Leopoldina.

Segundo a denúncia feita através do 190 e WhatsApp dos militares da 37ª Cia PM, o indivíduo estaria tentando aplicar golpes utilizando um crachá de Unimed. Os policiais chegaram rapidamente ao local e efetuaram a abordagem. O suspeito estava acompanhado de um homem, de 28 anos, que também foi abordado. A PM informou que o suspeito apresentou identidade falsa durante a abordagem, porém os militares o reconheceram pela prática de furtos no município de Leopoldina, onde residia antes de se mudar para Juiz de Fora. Durante a ocorrência os militares foram informados pela Unimed que o indivíduo não era funcionário daquela operadora de plano de saúde e que o crachá utilizado por ele era falso. 


Ainda segundo a polícia, o homem possui extensa ficha criminal, com diversos crimes de furtos e estelionatos. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Leopoldina para as demais providências. O indivíduo também foi reconhecido por uma vítima de um furto ocorrido em Cataguases.

Participaram da ação os militares Sargento Ribeiro, Cabo Nogueira, Sargento Edleny, Sargento Coutinho e Cabo Sidney.

Fonte: Jornal O Vigilante Online




Os comentários são de responsabilidade dos seus autores e não representam a opinião do Jornal O Vigilante Online, que reserva-se o direito de excluir postagens ofensivas, injúrias, xingamentos, ameaças e agressões a quaisquer pessoas.

Logo O Vigilante
Jornal O VIGILANTE ONLINE | HC&P - Copyright © 2009-2019 | Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem autorização
Criado e Desenvolvido por Criado e Desenvolvido por HPMAIS